quarta-feira, 7 de julho de 2010

na multidão


Todos nós esperamos que no meio da multidão, alguém nos reconheça como diferentes, únicos e especiais... e que esse reconhecimento seja mútuo.

5 comentários:

GATA disse...

Pelos ultimos acontecimentos, eu já não espero... eu desespero! :-(

Malena disse...

Eu acho que há sempre alguém por lá que nos reconhece! :))

L'Enfant Terrible disse...

Com multidão ou sem multidão por vezes fechamo-nos tanto que é impossível alguém nos reconhecer ou estar disponível para tal!

Shell disse...

Check ! :) *

CeliaAlma disse...

Para a multidão, como diria Bob Marley:
Riem-se de mim por eu ser diferente e eu rio-me de vós que sois todos iguais.
A sua Gata Cleo devia reconhecer na multidão o meu gato Ma ek, se se pudessem encontrar, claro. Beijinhos fiquem todos muito bem.