domingo, 28 de outubro de 2012

Sou como um rio...

... e impus a mim mesma uma barragem. Mas a dinâmica não poderia ser travada, e agora arrisca-se a rebentar o dique e levar tudo na frente...

3 comentários:

Nina Porcelain Lennitta disse...

Os diques e as barragens são coisas perigosíssimas... a força do rio e da Natureza é incontrolável e imprevisível...

*C*inderela disse...

Parecendo que não, a água(rio) tem muita força. Há coisas que não devem ser contrariadas.

Bjokas

maria teresa disse...

Malvada dinâmica!
Abracinho meu