quarta-feira, 25 de maio de 2011

uma questão de educação




É triste quando se chega ao ponto de ter de impôr a educação e a urbanidade por decreto...

4 comentários:

Manuela disse...

Querida Anira, é triste, mas lá terá que ser...

GATA disse...

Se não vão a bem, vão a mal. As maioria das pessoas confunde liberdade com libertinagem, e só falam nos direitos, não falam nos deveres. Por essas e outras é que muita gentinha devia viver em ditadura: passavam-lhe logo as 'ideologias'!

maria teresa disse...

É preocupante mas, infelizmente, necessário...
Abracinho meu!

Fresco e Fofo disse...

Esta falta de auto-crítica, é pungente.